Enfeites e adornos

Todo adorno e enfeite é perigoso

A maioria das pessoas usa enfeites e adornos para melhorar sua aparência exterior, mas a beleza natural que Deus deu a cada um é suficiente, linda e admirável para a pessoa ser aceita por Deus e pelas outras pessoas. Além disso, os enfeites, adornos, maquiagem etc. são todos perigosos e é pecado utilizá-los.

Aparência artificial é laço do diabo

O uso de adornos e enfeites para melhorar a aparência reflete o vazio interior que existe na maioria das pessoas, sem que elas percebam. Essa baixa estima oculta as impede aceitar a beleza natural que Deus deu e, por isso, procuram construir uma aparência artificial para se sentir aceita por si mesma e pelas outras pessoas. Essa atitude é rebelião e serve de tropeço tanto para a própria pessoa quanto para quem a observa.

Adornos e enfeites: Considerações importantes

A aparência produzida pelo uso de adornos e enfeites é artificial, passageira e vã. Além disso, adultera a beleza natural que Deus dá a cada pessoa a qual é suficiente para que ela se sinta bem e feliz. É preciso compreender que o que precisa ser mudado é o interior, o coração e não o exterior. Essa transformação radical ocorre quando a pessoa se converte a Jesus e passa a ter uma vida de comunhão com Ele.

Enganos sobre o uso de adornos e enfeites

Cada pessoa possui uma beleza natural concedida por Deus que a faz ser única e especial. Usar adornos e enfeites é não aceitar esse fato. Por isso, as pessoas criam diversos tipos de adornos e enfeites tanto para o corpo como para os ambientes e muitas delas enganam a si mesmas quanto aos verdadeiros motivos e objetivos do uso desses aparatos.

Consequências do uso de adornos e enfeites

O uso de adornos e enfeites traz consequências e prejuízos tanto para quem os utiliza quanto para quem observa e contempla o que está adornado. Algumas delas são exaltação, altivez, rebelião, idolatria a si mesmo, prostituição dentre outras para quem está usando, além de se tornar motivo de cobiça, tropeço, tentação, julgamento para quem observa. Logo essa prática deve ser abandonada e abolida da vida das pessoas.

Elimine os adornos e enfeites da sua vida

Adornos e enfeites devem ser eliminados da vida das pessoas porque trazem consequências danosas, tanto para quem usa quanto para quem observa. Como Deus concede a cada pessoa beleza natural e especial é um equívoco pensar que é necessário criar coisas que venham melhora a aparência das pessoas, quando, na realidade, elas já possuem tudo o que precisam para serem aceitas e agradáveis a si mesma, aos outros e, principalmente, a Deus.